Discos

Lemonade: O conceito ultrapassa a música em si

Beyonce Lemonade
Comentários (4)
  1. David Novaes diz:

    UM GRANDE PAR DE TOMATES? O que você quis dizer com isso?

  2. Miguel Costa diz:

    Tudo bem que eu detesto toda esta onda R&B e o Hip Hip associado tão em voga, ainda assim tenho a certeza que andamos a perder a noção do ridículo quando analisamos supostas bocas de uma esposa ao marido vertidas num álbum que é produto de um colossal projeto de marketing a nível mundial, e onde todo o pormenor é uma peça de um puzzle bem engendrado.

    Bem sei que esta música é intrinsecamente circense, mas levar essas frases a sério ou atribuir-lhes um qualquer sentido é quase infantil e faz lembrar as adolescentes em lágrimas com as histórias de amor tão bonitas que os One Direction cantam…tenham dó.

    Deve ser por isso que a artista supostamente concebeu uma cria milagrosamente e sem período de gravidez…porque até os “analistas” caem nos seus jogos de autopromoção sem qualquer sentido crítico.

  3. Guilherme diz:

    Me desculpa, amei sua critica mas a respeito da sonoridade eu acho que a intenção é essa parecer ser uma unica musica (o que fica claro ao ver o filme) uma completa a outra e vai a fundo nos estilos raiz da musica negra e isso é incrível, a qualidade o álbum é maravilhosa e a força da musica esta no que ela passa pro ouvinte, as vezes você se identifica com as letras e as vezes pode apenas parecer uma musica qualquer. Não querendo desmerecer mas o ANTI é ótimo mas não é melhor que Lemonade, ou você quis dizer a respeito de hits dançantes? Pois se for a respeito de hits e agito o ANTI sai na frente mas aprenda amigo … nem de “farofas” viveras o homem, e Beyoncé já lançou muitas “farofas” ;)

Deixar resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *